top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

VONTADE DE AMAR

A vida e o mundo me deixaram frio,

sem arrependimento ou arrepio.

A sociedade é uma selva

em que é preciso se garantir,

mas mesmo “garantido”,

sinto vontade de amar

para preencher o vazio

do universo que me habita.

Estou confortável onde estou,

mas guardo em minha mente

uma semente, uma pedra pirita...

Quero deixar de ser só

para ser o meu melhor...

Sinto vontade de amar

para desfrutar da riqueza que há

quando duas almas se amam

e que de alguma forma já sabiam

que um dia iriam se encontrar.



(Igor Veiga / PERIGOR)

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page