top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Vamos conhecer


GUILHERME KILTER

 

Quem é Guilherme Kilter?

Guilherme Kilter é um jovem cristão de 22 anos de idade que não tem medo de se posicionar defendendo o que acredita. Formado em Relações Internacionais profissional de publicidade e marketing digital, atendendo diversas empresas e clientes de Curitiba e do Paraná ao longo de sua trajetória profissional. Criador de conteúdo nas redes sociais desde 2020, hoje já conta com mais de quatrocentos mil seguidores somados.


Por que surgiu esse interesse pela política?

Desde jovem, aprendi na igreja o valor de servir as pessoas. Ao mesmo tempo, cresci com uma indignação com injustiças na nossa cidade e país, acompanhando a política e tudo que acontece nessa arena pública com essa mesma indignação. Até que um dia fui convocado pelo Deltan Dallagnol a entrar na política para defender o que acreditamos e ser a voz dessa indignação de tantas pessoas.


Você já foi chamado de “Influencer Cristão”, o que dizer desse título?

Nunca busquei ou usei esse título como algo para me definir. Entendo que todos nós temos a capacidade de influenciar pessoas, algumas em maior quantidade, outras menos, mas a definição é a mesma. No entanto, fico feliz em ser chamado de cristão, porque essa é minha essência, não só o que acredito, mas quem eu sou: um discípulo de Cristo nessa terra.


Qual é sua opinião sobre:

 

Aborto

Entendo que a vida começa desde a concepção, e é um dos direitos dados por Deus à humanidade, que deve ser reconhecido e protegido pelo Estado. Sou terrivelmente contrário ao aborto, um defensor da vida e daqueles que ainda não nasceram. Para mim, a sociedade que flexibiliza o aborto ou o legaliza, está em uma decadência e corrupção moral.


Homossexualidade

Como cristão, tenho a Bíblia como meu manual de fé e prática, e por isso considero a prática da homossexualidade algo reprovado moralmente pela Bíblia, assim como diversos outros pecados. No entanto, acredito que aqueles que não têm a mesma fé que eu devem ser livres para se relacionarem com quem desejarem, e o Estado não deve impedir isso com força de lei.


Ideologia de Gênero

Considero a ideologia de gênero um grande mal do nosso tempo, não só cientificamente, mas também moralmente. Ensinar nossas crianças e alunos de que seu gênero não é definido pelo seu sexo biológico é uma corrupção moral que transforma jovens em militantes confusos. A educação cabe aos pais antes de qualquer instituição ou professor, e esse tema não deve ser abordado em sala de aula. Defendo uma educação técnica, baseada em evidências, e livre de ideologias ou partidarismo.


Liberação da maconha

Sou expressamente contrário à legalização da maconha e de qualquer outra droga no Brasil. Não só porque a droga destrói vidas e famílias, mas também porque incentiva o tráfico, aumenta o consumo da droga em até 50% e dá liberdade para a criminalidade continuar crescendo. 

 

Você já foi citado por líderes da direita do brasil inteiro. Como você vê isso? Sabendo que um dos pilares do cristão é a humildade?

É uma grande honra para mim ter meu trabalho reconhecido por pessoas que tenho como referência no Brasil, como o Deltan e o Nikolas Ferreira. Isso indica que estou no caminho certo, mas de forma nenhuma é motivo para me exaltar ou orgulhar. Me alegro diante disso tudo, mas sigo com os pés no chão, trabalhando duro para representar milhares de pessoas e transformar cada vez mais o ambiente público, abrindo a porta para a renovação política.

 

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page