top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Vale do Pinhão impulsiona venezuelanas a criar empresa de apoio a migrantes em Curitiba


Na busca de apoio para se desenvolver profissionalmente no Brasil, as empreendedoras Luisanyelis Muscarneri, 40 anos, e Yedimar Castellanos, 34, venezuelanas radicadas em Curitiba, firmaram uma parceria para um negócio de impacto social para auxiliar outras mulheres imigrantes a desenvolverem potencial empreendedor.

 

Nascidas na mesma cidade na Venezuela, elas se conheceram no Brasil e logo se tornaram amigas e parceiras de negócios. Ambas têm experiência como donas de negócios e, juntas, buscaram no ecossistema de inovação de Curitiba, o Vale do Pinhão, o suporte que procuravam para compreender as particularidades do empreendedorismo brasileiro. 

“Participar das mentorias do Vale do Pinhão foi fundamental para conhecermos novas pessoas e fazermos conexões”, conta Luisanyelis.

 

Escola de Inovação

Os ciclos de mentorias é uma das propostas da Escola de Inovação para auxiliar as empresas a crescerem consistentemente em Curitiba. Gerenciada pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, a Escola é alinhada ao zelo da Prefeitura pela inovação e pelo empreendedorismo na cidade.

As inscrições para o segundo ciclo – que inclui uma aula inspiracional, mentorias coletivas por tema e mentorias individuais – estão abertas até esta sexta-feira (21/6) e são gratuitas. Podem ser feitas pelo site da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

 

Autênticas

Com a vontade de fazer a diferença por meio do empreendedorismo, usando suas experiências profissionais e as orientações nas mentorias, as duas venezuelanas estão lançando a Autênticas Brasil, empresa de gestão de talentos para mulheres migrantes oficialmente no início de julho.


A empresa vai prestar orientações para aquelas que como Luisanyelis e Yedimar querem ter seu próprio negócio ou precisam de suporte para ingressar no mercado de trabalho brasileiro, facilitando o relacionamento entre empresas e pessoas vindas de outros países.

“Entendemos as demandas das mulheres migrantes, tivemos as mesmas vivências e dificuldades. Queremos transmitir essas informações tanto para as mulheres quanto para as empresas que entendem a importância da diversidade”, explica Yedimar.


Mentorias coletivas

As mentorias atendem aqueles que têm seu negócio aberto e querem evoluir e quem ainda pensa em abrir seu empreendimento, mas tem dúvidas sobre como fazer. Podem participar pessoas físicas e donos de empresas de Curitiba e da Região Metropolitana

Podem participar pessoas físicas e donos de empresas de Curitiba e da Região Metropolitana até 21 de junho. As inscrições são gratuitas, realizadas online e podem ser feitas pelo site da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.


“Em Curitiba há muita capacitação de alta qualidade gratuita. Fomos muito bem recebidas pelo Vale do Pinhão, que alinha Educação e inovação, como fazemos, aceitando e valorizando as diferenças”, reforçou Yedimar.


Fonte: PMC

Foto: Ricardo Marajó/SMCS

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page