top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

TRE -PR forma maioria contra cassação de Sergio Moro


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná formou maioria de votos nesta terça feira (9) contra a cassação do Senador Sergio Moro (União-PR).

 

Na Sessão do dia 9, o TRE atingiu o placar de 4 votos a 2 para rejeitar as ações do PT e PL para tirar Moro do cargo de Senador.

Os advogados do PT e do PL irão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se Moro for cassado   pelo TSE novas eleições serão convocadas no Paraná para preencher a vaga do Senador e poderá ficar inelegível por 8 anos.

 





UM LADO

“Precisamos lembrar que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) é uma instância técnica e não política. Nesse caso do Senador Sergio Moro, sabemos que existe um interesse político e esperamos que a parte técnica prevaleça. Estou de acordo com o voto do relator, contra a cassação do senador. É importante destacar que as pré-campanhas não são muito

controladas e que existia uma expectativa de Moro de concorrer à presidência. Ele foi impedido pelo partido e não por escolha. Depois, na mudança de cargo para concorrer ao senado, ele foi impedido pela Justiça Eleitoral de disputar por São Paulo. Em seguida, passou para o Paraná. A avaliação sobre o limite de gastos portanto precisa levar em consideração essas mudanças que não dependeram do então candidato.” Deputado Estadual Fabio Oliveira (PODE)






OUTRA LADO

“No Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Sergio Moro foi absolvido. O placar está 4 a 2 faltando votar o Presidente do Tribunal.

Neste mesmo Tribunal o ex Deputado Federal Deltan Dallagnol foi absolvido por 6 a 0, e o processo foi para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o Deltan foi cassado. O processo do Moro irá também para o TSE.

Estou dando esses dados, para vocês verem como funciona a Justiça Eleitoral no nosso Brasil.” Roberto Requião  (SEM PARTIDO)

 

 

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page