top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Rosy de Sá Cardoso

Em 3 de fevereiro de 2022, perdemos uma das maiores jornalistas do nosso Estado.

Rosy de Sá Cardoso 95 anos de puro conhecimento

*19/12/1925-+03/02/2022


Foto/Arquivo pessoal


"Sou a jornalista mais antiga do Paraná. Não a mais velha, a mais antiga!"

Filha de Jaime Machado Cardoso e Xagua na Gomes de Sá Cardoso, Rosy de Sá Cardoso, nasceu em 19 de dezembro de 1925, na cidade de Curitiba.

No ano de 1947, com 21 anos de idade, inaugurou a rádio Guairacá, como cantora. Um ano depois, o destino lhe pregou uma peça, fazendo com que ela começasse a ter problemas na voz.

Curitiba perdeu uma cantora, mas ganhou uma excelente jornalista, pois Aloisio Fizetto, diretor da Rádio Guairacá convidou Rosy para escrever uma coluna feminina no jornal O Dia e a coluna "Ajudando seu lar" foi o maior sucesso.

A partir daquele momento, ela foi a primeira colunista social na cidade de Curitiba. Sempre sendo pioneira, Rosy também foi a primeira mulher a ser registrada no Sindicato dos Jornalistas, com a carteira número 037.

Deixara muitas saudades e um exemplo do verdadeiro jornalismo.

Fonte: Redação

0 visualização0 comentário
bottom of page