top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Reunião aberta sobre fibromialgia terá especialistas e pacientes na Câmara Municipal de Curitiba

Todos os interessados podem participar, será na terça-feira (19), às 19h, no auditório da CMC


No Brasil, cerca de 2,5 milhões de pessoas sofrem com a fibromialgia. A síndrome, que ainda não tem uma causa exata, é caracterizada por dor generalizada em músculos, tendões e articulações, sensibilidade em todo o corpo e fadiga intensa. Atinge em maior proporção mulheres do que homens, sendo mais comum o diagnóstico entre 30 e 60 anos.


Para reunir pacientes, a comunidade médica especialista e o poder público em torno do assunto, haverá uma reunião aberta com o tema “Fibromialgia: você não vê, mas a gente sente”, na Câmara Municipal de Curitiba, no dia 19 de

Jana Santos, paciente, idealizadora do Fibromigas


setembro, às 19h. O evento é uma ação conjunta da rede de apoio Fibromigas, a vereadora Maria Leticia (PV) e Professora Josete (PT).


Jana Santos, idealizadora do Fibromigas e conhecida na cidade pelo seu antigo bar Cosmos, comenta que, para quem sofre com a fibromialgia, a dor é invisível mas não é imaginária. “Infelizmente, muitas vezes somos incompreendidos por amigos, familiares, colegas de trabalho e até equipes médicas, o que aumenta o sofrimento para quem tem dores profundas”.


O objetivo da reunião é abrir espaço para que pacientes possam compartilhar suas histórias e desafios, ouvir profissionais da medicina que atuam com fibromialgia e debater políticas públicas que possam ajudar na melhora da qualidade de vida das pessoas que têm esse diagnóstico.


Para a vereadora Maria Leticia, única médica entre os 38 vereadores da cidade, o debate sobre a fibromialgia precisa avançar. “ Cada dia, mais pessoas são diagnosticadas com a síndrome, principalmente mulheres, o SUS já deveria estar preparado para atender esses pacientes, mas ainda não está, precisamos mudar isso e dar visibilidade para esses pacientes, principalmente proporcionando atendimento adequado.”


Sobre a iniciativa da reunião, a vereadora Professora Josete (PT), que já tramita um projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba propondo o atendimento preferencial às pessoas com fibromialgia, comenta: “Trazer o tema da fibromialgia para o debate na Câmara é fundamental no sentido de fazer o poder público dar a devida atenção ao assunto. O SUS garante qualidade de vida a todas as pessoas. Entender os desafios de quem vive essa doença é um passo importante para garantir isso”.



Todos os interessados podem participar, para se inscrever basta acessar o link https://www.marialeticia.com.br/informa-es-do-evento-e-registro/reuniao-aberta-fibromialgia


SERVIÇO

Reunião aberta "Fibromialgia: você não vê, mas a gente sente"

Data: 19 de setembro, terça-feira, às 19h

Local: Auditório da Câmara Municipal de Curitiba

Endereço: Rua Barão do Rio Branco, 720 - Centro

Inscrições gratuitas pelo site: https://www.marialeticia.com.br/informa-es-do-evento-e-registro/reuniao-aberta-fibromialgia

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page