top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Novo ano: marco temporal para correção de rotas


A cada início de ano, a reflexão sobre nossas atitudes nos assalta em pensamentos. Ciclos se fecham, outros iniciam.


Refletimos sobre o que fizemos ou deixamos de fazer e, acima de tudo, pensamos sobre novos objetivos e metas.


Os começos são revigorantes. Seja um novo trabalho, um relacionamento ou mesmo um novo ano.


A primeira sensação é a de liberdade. Nos encontramos diante de uma página em branco com todas as possibilidades. Há quem se assuste e precise de um plano. Outros, assim que avistam a oportunidade, jogam-se de corpo e alma.


Iniciar um novo ano é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida.


E o mais importante: acreditar em você de novo.


É neste recomeço que devemos aproveitar e, além de olharmos para nós mesmos, refletirmos sobre nosso papel na vida em sociedade e o que estamos fazendo para contribuir para o bem-estar comum e a prosperidade de nossa comunidade.


Quando foi a última vez que você foi gentil com seus pais? Ajudou um vizinho? Fez um elogio sincero? Ou mesmo sorriu com o coração para alguém? Nada disso custa dinheiro.


Toda existência e energia que existe no mundo são recorrentes e continuarão a acontecer, da mesma forma e por um número infinito de vezes através do tempo e do espaço.


Contribua, ofereça um pouco de si. Ajude um senhor a atravessar a rua, dê bom dia ao porteiro, tenha cuidado com suas palavras, ofereça ajuda, faça companhia. Já tentou silenciar-se quando desejava criticar?


A vida é feita de momentos bons e ruins. Assim é para você, e assim é para todos. Uns dias sorrimos mais, outros menos, mas o que realmente conta é a forma como superamos esses momentos. Respeite o próximo e tente cada dia ser 0,1% melhor. Agradeça sempre.


Ano novo é também começar uma vida nova. Se no ano velho não foi como desejado, tente de novo, mas de forma diferente. O importante é superar e não desistir. E recomeçar, pois, sempre estamos em tempo de recomeçar. Reiniciar planos abandonados, recriar sonhos, conectar-se com pessoas que aquecem o coração e buscar a paz dentro de nós.


Vamos aproveitar esta época para fazer a esperança florescer em nossos corações. E com paz, confiança e determinação, vamos abraçar o novo ano com garra, sem medo da luta.


No final, a recompensa será de todos nós.


Carolina Maia - @carolinamaia.br

Mãe, advogada, publicitária, mestre em gestão ambiental



33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page