top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Maria Victoria (PP) defende calçadas melhores e mais acessíveis em Curitiba


A pré-candidata à prefeita de Curitiba, Maria Victoria (PP), propõe a criação de um programa de investimentos para melhorar a qualidade e a acessibilidade das calçadas da capital. Em entrevista nesta terça-feira (5), Maria Victoria adiantou que o assunto está sendo estudado e será apresentado durante o processo eleitoral.


“Uma das grandes reclamações da população Curitiba é a falta de acessibilidade nas calçadas. Para nós mulheres, que usamos saltos é um desafio, para nós mulheres e mães que empurramos os carrinhos de bebe, é também um desafio. Mas, principalmente, para a acessibilidade dos cadeirantes, pessoas que precisam se locomover com cadeiras de roda e tem enorme dificuldade”, disse em entrevista ao programa Direto Ao Ponto, do Ogier Buchi.


Maria Victoria elogiou a gestão do prefeito Rafael Greca (PSD) e reforçou que a pré-candidatura é uma forma da legenda de contribuir com o debate sobre as demandas e necessidades de Curitiba.


“Temos orgulho e reconhecermos a brilhante gestão que o prefeito Rafael Greca vem fazendo, uma cidade eleita mais inteligente do mundo e agraciada recentemente em Barcelona, mas ainda tem questões que precisam evoluir e ser debatidas. É este o nosso propósito”, pontuou.


SUSTENTABILIDADE - A pré-candidata também apresentou propostas para auxiliar na prevenção de enchentes e na limpeza dos rios da cidade. Segundo ela, soluções acessíveis já testadas em outras cidades e que se somam aos parques e outras medidas que vem sendo adotadas em Curitiba.


“São Jardins Flutuantes Filtrantes, uma iniciativa já utilizada em diversas cidades, que foi adotada para despoluir o Rio Sena em Paris. Uma solução acessível para absorção de água, prevenindo enchentes e limpando os rios de Curitiba”.


MAIS PROPOSTAS – Na entrevista, a pré-candidata apresentou mais propostas como:


- Inclusão do inglês nas escolas municipais

- Criação do CMEI Capivarinha, que fica aberto até as 20h para atender as mães que trabalham até mais tarde

- Adoção de pisos drenantes nas ciclovias e em obras públicas

- Implantação de pontos seguros de ônibus com iluminação reforçada e conectividade para aumentar a segurança dos usuários de transporte coletivo nas primeiras horas do dia e à noite

- VLP (Veículo leve sobre pneus) ligando a Rodoferroviária ao Aeroporto utilizando o canteiro da Avenida das Torres.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page