top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

MÁQUINA DE ESCREVER


Não escrevo para agradar críticos...

Escrevo porque o mundo é cíclico

entre o doce e o cítrico.

Escrevo porque me descrevo

e de repente me descubro

em alto-relevo.

Escrevo para sensibilizar leitores

e não para enganar eleitores.

Escrevo porque sinto

o gosto absinto

de estar vivo.

Escrevo porque livro,

porque cismo,

porque quero

voar livre na vida

como um quero-quero.

Na palavra manuscrita

busco ninho e carinho,

faço do momento eterno,

passarando sozinho,

primaverando inverno...


(Igor Veiga / PERIGOR)

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page