top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

ISTO É UM ASSALTO!


Morar em uma cidade como Curitiba significa estar perto de serviços essenciais de qualidade, ter a oportunidade de ver espetáculos internacionais, aproveitar as áreas verdes nos dias de sol... mas também é sentir as consequências da desigualdade social, irritar-se com o trânsito na hora do rush e se retrair por causa do aumento da violência.

Nos últimos dias vídeos mostrando ladrões disfarçados de motoboys viralizaram na internet. Esta é outra realidade ainda exclusiva dos grandes centros. Os bandidos normalmente agem em dupla ou trio e abordam suas vítimas distraídas na calçada, tomam o celular e o que mais a pessoa tiver à mão. E são violentos quando alguém reage. O bairro do Juvevê com seus inúmeros prédios de apartamentos é um chamariz para essas minis quadrilhas. O cidadão está acostumado com os motoboys e não tem como distinguir os profissionais dos bandidos. Quando percebe, já é tarde.

Por isso nunca é demais seguir alguns conselhos dados pelos especialistas em segurança pública:

- Prefira andar sempre pelas ruas mais movimentadas;

- Não ande com o celular nas mãos, principalmente usando o aparelho, porque você se distrai e não percebe a aproximação de pessoas mal intencionadas;

- Atravesse a rua ou dê meia volta se perceber algum motociclista suspeito e se possível, procure ajuda;

- e no caso extremo de virar vítima, não reaja porque os marginais agridem e andam armados; não procure bancar o herói. Informe seus vizinhos e espalhe a notícia do roubo nos grupos de whats app. Os bandidos não agem em locais onde correm riscos, e se perceberem que a vizinhança está atenta vão procurar outra região.

Uma medida que pode ajudar muito caso o seu celular seja roubado é ter seus principais arquivos guardados em Hds ou na nuvem. Algumas marcas e aplicativos permitem também que você monitore o seu telefone remotamente, identifique sua localização e bloqueie as funções do aparelho. Também há seguros que cobrem o valor financeiro da perda.

É fundamental, ainda, sempre prestar queixa do roubo. Hoje isso pode ser feito pela internet.


Herivelto Oliveira-Jornalista e Vereador

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page