top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Greca recebe estudante autista que sonha ser prefeito de Curitiba

“Menino muito inteligente, este é um curitibinha que já vislumbra o futuro”, comentou Greca. Nicolas presentou o prefeito com uma caneca com dizeres sobre o autismo e ganhou uma capivara de pelúcia das lojas CuritibaSuaLinda.


O estudante Nicolas Rocha, 6 anos, realizou um sonho nesta segunda-feira (8/4). O menino, que quer ser prefeito de Curitiba, foi recebido pelo prefeito Rafael Greca no Palácio Solar 29 de Março, sede da Prefeitura, e conversou sobre o que gostaria de construir na cidade.


Nicolas é autista, estudante da rede particular de ensino e fã de trens e aviões. “Queria um trem-bala e um metrô”, contou.


A mãe de Nicolas, Marina, e o avô José Mario Moraes Silva – que foi colega do prefeito no colégio – acompanharam a visita. “O Nicolas se interessou sobre o que um prefeito faz quando uma rua no nosso bairro, o Bairro Alto, foi asfaltada. Ele começou a perguntar como a cidade é administrada, quem cuida das obras, e quis muito conhecer o prefeito de Curitiba”, relatou a mãe.


Atendimento no município

Curitiba oferece um amplo atendimento ao público com TEA, tanto na Saúde quanto na Educação. Atualmente, são 4,1 mil estudantes com autismo matriculados na rede pública de ensino curitibana.


O atendimento em inclusão é realizado em toda a rede, nas escolas especiais, classes especiais, salas de recursos multifuncionais, salas de recursos de aprendizagem e nos Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) nas dez regionais.


O Centro de Ensino Estruturado para o Transtorno do Espectro Autista foi inaugurado em setembro de 2019 e tem uma média de 527 atendimentos/mês. É mais um equipamento à disposição da comunidade, pois o atendimento desse público também é feito dentro das salas de recursos das escolas e dos CMAEEs em todas as dez regionais da cidade.

Já vieram conhecer o trabalho do Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado, comitivas com representantes de Santa Catarina, Bahia, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e diversas cidades paranaenses, como Cascavel e Palotina, além de outros países como Honduras e Finlândia.


Escola de Pais

As famílias também são atendidas pela Escola de Pais, que tem como missão ajudar os pais dessas crianças a se cuidarem e assim poderem atender com mais tranquilidade o desenvolvimento dos filhos, além de esclarecer dúvidas e fornecer orientações.


Ambulatório Encantar

Na Saúde, para o atendimento de pessoas com TEA, a porta de entrada é a unidade básica de saúde mais próxima de casa. São 108 unidades no município.


Na unidade de saúde, a pessoa passa por uma primeira avaliação e, em caso de necessidade, é encaminhada para serviços especializados. O Ambulatório Encantar é o serviço ambulatorial de referência para atendimento de crianças e adolescentes com autismo.


Além do Encantar, o município mantém o programa da Organização Mundial da Saúde para treinamento de familiares e cuidadores de crianças com atraso no desenvolvimento, especialmente pessoas com TEA, da forma piloto em algumas unidades de saúde.


Fonte: PMC

Foto: Pedro Ribas/SMCS



2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page