top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Estreia do "FIMS Na Vila" fomenta música da quebrada curitibana

O rap de Curitiba vive e vibra desde muito tempo. Com certeza você já ouviu falar em nomes relevantes da cena BR do rap contemporâneo como o produtor Nave Beatz, a rapper Karol Conká e os beatmakers Laudz, Nuts, Dj Primo, Dario e Leo Spektrum. Oriundos das “vilas”, como são chamados os bairros periféricos de Curitiba, estes talentos se desenvolveram em escala nacional e hoje propagam Brasil afora o trabalho que teve início numa cidade ainda pouco conhecida pela cultura hip hop que abarca. Trabalhos como Planet Hemp, Anitta, Emicida e Criolo estão cheios dos sons desses artistas em suas bases.


Fotos: FIMS na Vila


A Feira Internacional da Música do Sul (FIMS), principal evento do sul do país de formação e economia musical, sempre esteve atenta nesta cena e nestas vilas, o que culminou no edital FIMS na Vila, aberto no último mês de Abril em parceria com os festivais Favela Sounds (DF) e Festival IMUNE (Belo Horizonte).


A ação, que é local e será realizada em Curitiba durante um final de semana de Junho, reunirá artistas e bandas selecionadas para dois dias de encontros presenciais em bairros distintos da capital paranaense: dia 11 de junho no Centro Cultural da Vilinha (Bairro Alto) e 12 de junho no Teatro da Vila (CIC). O edital divulgou a lista final de aprovados aqui e celebra a força do rap curitibano que segue ativa e resistente, traduzindo-se como o gênero musical que conduz a maior parte dos projetos selecionados.


“Apesar de ser mais conhecida pela cena hip hop, ficamos impressionados com a pluralidade de diferentes gêneros musicais dos bairros”, comenta Estrela Leminski, porta-voz da FIMS, sobre o edital.


Com painéis, workshops e showcases de bandas oriundas destes espaços, a FIMS busca com este projeto uma ampliação ao máximo da democratização e do acesso de toda a cidade e artistas curitibanos ao evento. Trata-se de uma etapa presencial, mas com transmissão online de algumas atividades - acompanhe maiores informações nas redes da FIMS.


“O fato do FIMS na VILA estrear onde a cidade efetivamente nasceu, é muito simbólico. O marco zero foi colocado no centro mas tudo começou no Bairro Alto cinquenta anos antes, pouca gente sabe disso. Esperamos que seja uma nova etapa pras bandas que vão participar mas queremos, principalmente, que as pessoas conheçam todas as cenas musicais de Curitiba, que é tão diversa”, aponta Estrela sobre a programação do FIMS na Vila, que pode ser acessada pelo site do evento. Importante destacar que todo mundo que foi selecionado no FIMS na Vila já ganhou credenciais para a conferência da FIMS, confirmada para ocorrer no segundo semestre de 2022, também em Curitiba, no mês de Novembro.


Serviço:

FIMS NA VILA | REGIONAIS DE CURITIBA

11 de junho e 12 de junho/ 2022

Local: 11 de junho no Centro Cultural da Vilinha (Bairro Alto) e 12 de junho no Teatro da Vila (CIC) | Curitiba/PR

Evento Gratuito




3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page