top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Empreendedorismo feminino é o tema do Tribuna Livre do CMC Podcasts

A vereadora Indiara Barbosa destaca a força da mulher empreendedora em Curitiba e as ações do Clube da Alice


O empreendedorismo feminino é uma realidade cada vez mais atuante na sociedade. Em Curitiba e Região Metropolitana, a força das mulheres em abrir o próprio negócio gerou um caso de sucesso nacional: o Clube da Alice, que reúne mais de 650 mil empreendedoras brasileiras, a maioria delas da Região Metropolitana de Curitiba. Para falar desse assunto no Tribuna Livre do CMC Podcasts, a vereadora Indiara Barbosa (Novo) chamou duas convidadas especiais: a fundadora do Clube da Alice, Mônica Elisa Balestieri Berlitz, e Andressa Lima, empreendedora do Andressa Lima Coffee.


“O empreendedorismo é um dos focos do meu mandato, de uma forma geral, porque a gente acredita que quem gera riqueza e emprego no nosso país são as pessoas que empreendem”, explicou Indiara. Ela ressaltou que tem como foco reduzir a burocracia e simplificar o caminho para os empreendedores, com um foco especial para as mulheres. “Sendo mulher, sendo mãe, entendo todas as dificuldades que as mulheres enfrentam. Além do trabalho, tem todos os outros pratinhos que temos de equilibrar. Por isso, é importante discutirmos esse tema para facilitar a vida das empreendedoras”, complementou Indiara Barbosa.


“O primeiro slogan do Clube da Alice foi ‘Juntas somos mais fortes’. Quando você encontra uma mulher que passou pelo mesmo problema e encontrou uma solução, torna o empreender mais fácil”, disse Mônica Berlitz. Ela contou que o Clube da Alice nasceu há 10 anos, no Facebook, com a ideia de reunir mulheres que têm pequenos empreendimentos para divulgar seus produtos e também falar do universo feminino. O clube é considerado como um sucesso não apenas pelo incentivo à capacidade da mulher, mas também pelo impacto econômico gerado na sociedade.


Andressa Lima disse que o incentivo do Clube da Alice foi essencial para sua iniciativa em oferecer um serviço de coffee break. “O Clube da Alice, para mim, é o máximo, pois 90% das minhas clientes vêm de lá”, revelou a empreendedora. Andressa contou que começou seu serviço há oito anos, contando com a ajuda de familiares próximos. Na primeira vez, organizou um café com um pessoal da igreja dela e postou as imagens na página do Clube da Alice. “Recebi quase mil comentários. Percebi que era isso o que eu iria fazer”, disse. Atualmente, ela já emprega outras mulheres e, geralmente, atende a eventos empresariais durante a semana e aniversários aos sábados e domingos.

 

Além de nova legislação, uma mudança cultural

A conversa no CMC Podcasts também focou em uma legislação municipal mais favorável para novos empreendimentos. Indiara Barbosa destacou a flexibilização do horário do comércio, aprovada em 2022 pela Câmara de Curitiba. A vereadora também salientou normas municipais que são consideradas restritivas para novas iniciativas empreendedoras, como o caso da legislação de comércio ambulante. O tema marcou a estreia do CMC Podcasts, com a temporada “Terra de Vina” no programa “Pode ou não pode?”, discutindo a legislação que restringe o horário noturno do comércio ambulante para vendedores de cachorro-quente.


A conversa no Tribuna Livre do CMC Podcasts também abordou a importância de uma mudança cultural. Um dos pontos foi o caso de a mulher gastar mais tempo que o homem para a chamada jornada dupla de trabalho, com exigências de tarefas domésticas como cuidar dos filhos ou da casa. A vereadora e as convidadas salientaram casos em que se depararam com o domínio dos homens em cargos de liderança ou na primazia de discussões coletivas. A boa notícia, segundo elas, é que os homens estão aprendendo a respeitarem mais as mulheres em ambientes profissionais.


Fonte: CMC




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page