top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

MINHA POESIA



Minha poesia não se faz em versos...

Já está feita, circulando pelo meu corpo

e pelos mais diversos universos.

As gotas do meu sangue

são arte nas artérias

e sobrepõem toda matéria,

se encontrando pela urgência

de viver e expressar

a vida e o mundo

na folha de papel.

Minha poesia já está feita,

flutuando pelas letras

como nuvens no céu.


(Igor Veiga / PERIGOR)



61 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page