top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

CURITIBA


Curitiba é minha musa,

minha musa menina

que me usa, me abusa e me alucina

em meio as incertezas diárias

de sua mudança de clima.

Quando passo por ela

tentando ser prosa,

finge que não me conhece;

nem me dá bola.

Como é orgulhosa

esta minha menina.

Faz parte do seu charme

sua constante cisma...

Independente de outras,

ela sabe que sou só dela:

a mais bela donzela

que se faz cidade

da minha cautela,

da minha mocidade

e de todo meu amor

que brota da vontade

de poder ser quem sou...


(Igor Veiga / PERIGOR)

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page