top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

Ampliação do Teste do Pezinho é aprovada na Comissão de Saúde da Câmara Municipal

O Projeto de Lei está pronto para ser votado em plenário pelos vereadores, o que deve acontecer ainda em 2023.


O Projeto de Lei que amplia o número de doenças identificadas pelo Teste do Pezinho, da vereadora Amália Tortato (NOVO), foi aprovado na Comissão de Saúde desta terça-feira (11).


Com a presença de familiares de crianças com doenças raras e apoiadores da causa, o projeto segue para votação no plenário da Câmara Municipal de Curitiba.


De acordo com a autora da proposta, essa aprovação representa mais um passo na busca por qualidade de vida para os bebês que nascem em Curitiba. "Falta muito pouco para que as famílias curitibanas tenham acesso ao Teste do Pezinho ampliado na rede pública de saúde, que será capaz de identificar mais de 50 doenças em recém-nascidos. Com a aprovação, os testes ampliados serão feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nos primeiros dias de vida dos bebês", explica Amália Tortato.


Atualmente, a Triagem Neonatal identifica apenas 6 doenças, tornando o diagnóstico precoce de doenças raras uma realidade distante para quase 20 mil crianças que nascem na capital paranaenses todos os anos. "O diagnóstico precoce salva vidas e nós não podemos renunciar a isso. Se uma doença rara for diagnosticada logo no início, aumentam as chances de sobrevivência da criança ou de uma vida sem sequelas", pontua Amália.


Tramitação - O Projeto de Lei passou pelas comissões de Constituição e Justiça, Economia, Serviço Público e Saúde. Agora, segue para debate e votação no plenário da Câmara, necessitando do voto da maioria dos vereadores para ser aprovado. Após aprovação, seguirá para sanção do prefeito, Rafael Greca.


Fonte: Gabinete da Vereadora Amália Tortato

Foto: Ernani Pechmann

10 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page