top of page
  • Foto do escritorJornal do Juvevê

25 - Voo 1797.




- Senhoras e senhores, sejam bem vindos ao voo 1797 das Aero Linhas Dionísios.


Nossa aeronave possui saídas na dianteira e nos fundos, nada sobre as asas. Em caso de queda em alto mar não use os assentos (banquetas) eles não são flutuantes, muito pelo contrário. O serviço de bordo é muito bom e será cobrado ao final da viagem. O comandante Dionísio e o copiloto Ademir desejam uma excelente viagem. O catering é da Bete.


O voo é tranquilo até que o Figura chega e causa turbulência, Júlio que é muito calmo comenta: “é só uma nuvenzinha”. Xande: “As estruturas das aeronaves são produzidas tecnologicamente para suportar esses trancos.” José Maria: “Será que é ishto mesmo? Ou vamos todos pro inferno? Ishtepô!!!” Neri tá lá achando que é montanha russa. Paulão oferece um queijo. Bruno e Wagner nem aí, ficam no play game que é a mesa de sinuca. Giba sempre meditando. Pedrinho: “ronc”. Alguém avisa o Nery: “A coisa é séria.” Neri: “Meu Deus do céu!” Eu: ”não passa nem sinal de wi-fi.”


Cessa a turbulência e o voo acalma (acho que o Figura pulou de paraquedas). Os comissários (ao mesmo tempo piloto e copiloto) fazem o serviço de bordo, servem nossas beras e nossos petiscos.


Neri: “Graças a Deus!” Xandão: “Não falei proceis?” Zé Maria: “Dá uma brahma aí, ishcomungado!” Os do game não viram nada, eu peço uma antarctica. Giba... ...Continua meditando.


O pouso é tranquilo, todos satisfeitos, alguns meio grogues, outros enjoados, todos em solo.


Hora de desembarcar e estamos felizes porque fizemos uma boa viagem.


Alguém, por favor, acorda o Pedrinho.


Watson

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page